FALE COM SEU CIRURGIÃO SOBRE AS OPÇÕES DE TRATAMENTO DISPONÍVEIS

Não tem certeza por onde começar?

Reunimos alguns conselhos que irão ajudar você a falar com seu cirurgião para avaliar os diversos tipos de cirurgia da coluna e tecnologias disponíveis.

1. Seja descritivo
Quando falar com seu cirurgião, é importante descrever a dor que está sentindo da forma mais clara e completa possível. Com nosso Guia de Consulta Médica, você pode criar um mapa da dor e responder algumas perguntas que irão ajudar você a compreender melhor seu tipo de dor
2. Mantenha uma mente aberta

Durante sua consulta, fale com seu médico sobre sua condição, as opções de tratamento disponíveis para você e os prós e contras de cada uma delas.

Se você ouviu falar de novas tecnologias, discuta com seu médico para determinar se você é um bom candidato. Trate de não se fixar somente nas novas opções de tratamento, caso contrário você estará perdendo a chance de obter uma perspectiva completa e, possivelmente, o tratamento mais adequado para seus sintomas.

3. Pesquise todas suas opções

Destine um tempo para aprender sobre as diversas opções cirúrgicas disponíveis para você, inclusive se a princípio não lhe agradam. Pergunte ao seu cirurgião se ele teria folhetos informativos para estes procedimentos. Visite sites utilizados por médicos, já que contêm artigos de revistas profissionais disponíveis e informação mais técnica.

Quando começar a procurar informação, lembre-se de algumas coisas:
  • Nem toda a informação acerca de uma condição em particular se aplica a sua situação.
  • Verifique a informação acessando diversos sites ou investigue o referido assunto em várias revistas ou livros relacionados.

Além das opções cirúrgicas disponíveis, se seu médico não estiver familiarizado com a diversidade de tratamentos para a dor crônica, você poderá pedir para recomendar um especialista no tratamento da dor. Ou também, você poderá encontrar um especialista na sua região, que esteja familiarizado com as Terapias de Dor Crônica.

4. Faça muitas preguntas

Criar uma lista de perguntas úteis para seu cirurgião poderá ajudá-lo aprender um pouco mais sobre suas opções cirúrgicas. Uma boa ideia também pode ser falar com entes queridos, para saber se eles também têm alguma pergunta. Saber o que quer perguntar antes da consulta médica poderá ajudá-lo a tornar a consulta mais produtiva.

A seguir, algumas perguntas que poderão ajudar você a começar:
  • Quais são as minhas opções de tratamento?
  • Qual é o procedimento mais comum para meu diagnóstico?
  • Baseado no meu diagnóstico, qual procedimento é melhor para mim?
  • O que sabemos sobre os efeitos em longo prazo da cirurgia?
  • Sou candidato idôneo para o procedimento?
  • Meu diagnóstico coincide com os objetivos para os quais foi desenvolvida e aprovada a cirurgia?
  • Qual é o foco cirúrgico a seguir?
  • Onde vai ficar minha cicatriz e de que tamanho será?
  • É necessário realizar um enxerto de osso?
  • Quais são as opções de enxerto que tenho?
  • Quais são os prós e contras de cada uma?
  • Precisaria de algum tipo de implante?
  • Quem fabrica os implantes?
  • Qual é a taxa de sucesso com estes implantes?
  • Quais são as implicações deste tipo de cirurgia para minha recuperação?
  • Quanto tempo precisaria permanecer no hospital?
  • Precisarei de fisioterapia ou reabilitação pós-cirúrgica?
  • Há quanto tempo vem realizando este procedimento?
  • Poderia me dizer os resultados que outros pacientes tiveram com este procedimento?
  • O que pode ocorrer se escolher um procedimento que você não considere adequado para mim?
  • Quais são os riscos de realizar o procedimento incorreto?
5. Construa sua relação
Uma vez que encontre um cirurgião com o qual se sinta confortável, é importante desenvolver uma sólida relação médico-paciente para que você confie em seus conselhos e avaliações. Diga a seu cirurgião a sua opinião sobre suas opções de tratamento. Discuta os benefícios, riscos e alternativas. O ideal é que você confie no bom senso de seu cirurgião. Se você não se sente confortável com as recomendações de seu médico, procure uma segunda opinião.

Acessos Rápidos 

Autoavaliação
Autoavaliação
Comunidade
Comunidade
Diário de Dor
Diário de Dor
Guia de Discussão
Guia de Discussão
Histórias de Pacientes
Histórias de Pacientes
Médico correto?
Médico correto?