LESÕES E TRAUMAS

Os acidentes que levam a lesões ou traumas podem ocorrer com qualquer pessoa.

A compreensão sobre a causa e a origem de sua dor pode ajudá-lo a tomar ações que permitam se recuperar.

As lesões nas costas podem ser causadas por diversas situações, como torsões que melhoram rapidamente, até lesões permanentes que causam dor crônica e severa.

Distensões e Contraturas

O que são as distensões e as contraturas?
A dor sentida após um dia difícil de trabalho, um movimento repentino ou algum trauma podem ser devido a uma distensão ou uma contratura dos músculos e ligamentos. A maior parte do impacto é associada ao dobrar, torcer e levantar objetos pesados e se concentra no que seriam distensões e contraturas na parte inferior da coluna vertebral, pois esta parte das costas é especialmente suscetível a lesões, principalmente em pessoas com músculos frágeis resultantes de um estilo de vida sedentário.
Como ocorrem as distensões e as contraturas?

Uma distensão muscular geralmente ocorre quando os músculos que rodeiam a coluna se alongam muito, levantam muito peso ou se movimentam de tal forma que causam pequenas distensões nestes. Como consequência desta distensão nos músculos e ligamentos, ocorre um sangramento microscópico que transborda no músculo, o que resulta em inflamação e espasmos musculares dolorosos. Muitas vezes existe sensibilidade ao tato nos músculos que sofreram estas lesões. Tanto a dor como os espasmos são a maneira na qual o corpo indica que existe uma lesão muscular, e que esta precisa ser atendida para continuar utilizando o referido músculo. Portanto, você deverá evitar utilizar estes músculos que sofreram lesão durante a fase de dor aguda, e deverá seguir recomendações de recuperação, tais como, descanso, a aplicação de compressas frias e/ou quentes ou possivelmente fazer uma massagem leve para ajudar a parar os espasmos.

O dano real apresentado ao ocorrer uma distensão nas costas pode variar amplamente. Os músculos nos quais se apoia a coluna vertebral e fazem com que esta se movimente podem sofrer lesões; os ligamentos que ligam os corpos vertebrais ou que encapsulam fortemente as articulações facetárias podem apresentar uma torsão parcial ou um leve caso de hérnia de disco, o que poderia ser a causa da dor. Em qualquer caso, o corpo humano é capaz de se curar por si só e a cirurgia pode ser evitada se o tratamento adequado for seguido.

Qual é o tratamento das distensões e das contraturas?

As distensões nas costas e os espasmos musculares são bem comuns e, infelizmente, não existe uma cura imediata para este tipo de lesão. Contudo, você pode tratar a maioria destas distensões nas costas de forma efetiva, utilizando medicamentos anti-inflamatórios, um breve período de descanso, aplicação de gelo nas etapas iniciais e o retorno gradativo às atividades cotidianas. Os programas de reabilitação física que incluem exercícios de alongamento e fortalecimento dos músculos também podem ajudar a se recuperar, e também indicarão como evitar este tipo de lesões futuramente. Também é possível tratamento terapêutico através dos equipamentos de TENS (Estimulação Nervosa Elétrica Transcutânea). A maioria destes tratamentos está focada na redução dos espasmos e das dores musculares, objetivando a reincorporação de suas atividades diárias o mais confortavelmente possível.

Se você apresenta uma leve dor nas costas e sente que possivelmente tenha sofrido alguma distensão ou contratura, esta pode ser tratada com terapias que não precisam de cirurgia. Contudo, é necessário que você conheça alguns sinais de alerta que indicam quando deverá procurar um médico para tratar a sua dor nas costas.

Estes Incluem:
  • Fraqueza nos músculos das pernas, instabilidade ao andar ou uma diminuição progressiva na distância que pode percorrer andando.
  • Dor e intumescimento ao longo de suas pernas, especialmente se esta piora quando você espirra, tosse ou senta.
  • Dor que o faz acordar durante as noites, ou que piora quando você se deita.
  • Dor associada à febre.
  • Intumescimento nos glúteos, ao redor do ânus ou na área genital.
  • Dificuldade para começar a urinar, não sentir seu jato urinário ou se este é fraco.
O que ocorre se a minha dor continuar presente bem depois de terem ocorrido estas lesões ou traumas?
O que ocorre se a minha dor continuar presente bem depois de terem ocorrido estas lesões ou traumas? Certas lesões ou traumatismos, como cair de escadas ou escorregões, às vezes podem resultar em dores que persistem durante vários meses, mais conhecidas como dores crônicas. Quando as terapias regulares, tais como os medicamentos e os tratamentos físicos não ajudam a melhorar a dor, existem outros tratamentos a serem considerados, como cirurgia nas costas e terapias crônicas da dor. Consulte o seu médico se perceber que a dor persiste.

Lesões nos Ligamentos

O que são as lesões nos ligamentos?

Os tendões são as conexões entre os músculos e os ossos. Os ligamentos que rodeiam as articulações são formados de tecido cartilaginoso que ajuda a proporcionar suporte. Quando um músculo das costas sofre um alongamento exagerado, ou um ligamento sofre alguma distensão podem ocorrer contraturas ou distensões nos suportes lombossacral. Quando isto ocorre, os músculos na área lesionada sofrem espasmos, que agem como talas que protegem os ligamentos e as articulações para evitar danos posteriores.

Geralmente, as lesões nos ligamentos ocorrem devido a um traumatismo e, dependendo da gravidade da lesão, esta pode levar de seis semanas até um ano para sarar completamente. Um ligamento é sujeito a muitas coisas durante uma lesão. Os ligamentos podem sofrer contraturas, distensões ou simplesmente se romper. São variados os tratamentos existentes para estes tipos de lesões.

Os ligamentos que controlam as articulações das costas podem sofrer danos devido a uma queda acidental, torsões ou escorregões, assim como uma distensão pode danificar os ligamentos no tornozelo por exemplo. Uma contratura nas costas geralmente é causada por ligamentos pélvicos alongados ou danificados. A causa das distensões nas costas é muito similar àquela das distensões nos tornozelos, e o tratamento e o tempo de recuperação deveriam ser similares. Um suporte firme nos ligamentos pélvicos poderia ajudar a protegê-los de distensões posteriores durante seu tempo de reparação e fortalecimento.

Como ocorrem as lesões nos ligamentos das costas?

Uma má postura pode causar grandes danos nos ligamentos. É muito exaustivo permanecer de pé durante longos períodos de tempo em situações como ficar esperando em uma fila, estar em uma festa ou ir às compras. Sem perceber, muitas pessoas vão se curvando para compensar esta fadiga. Quando fazemos isso, todo o peso de nosso corpo começa a se apoiar nos ligamentos da pelve e parte baixa das costas. Os anos podem cobrar um preço alto, o que pode causar com que estes ligamentos sofram um alongamento e fiquem debilitados, motivo pelo qual não poderão controlar nossas articulações corretamente. Isto pode causar desconforto e até dor em atividades tão simples como ficar de pé.

As situações de trabalho também são uma causa bem comum de distensões nos ligamentos nas costas. As atividades como levantar, dobrar e torcer objetos mantêm as nossas costas em um constante esforço. Quando os ligamentos se alongam demais, estes não poderão ligar as articulações na posição apropriada, motivo pelo qual pode resultar uma condição de torsão das costas.

As lesões por traumatismos nos ligamentos podem ocorrer depois de quedas, acidentes ou lesões esportivas.

Como posso prevenir futuras lesões nos ligamentos?

As atividades esportivas são a principal causa de lesões nos ligamentos e de distensões nas costas. O aquecimento e o alongamento são uma boa forma de preparar os tendões e os ligamentos para qualquer atividade. Leve em conta que ao realizar atividades esportivas você deverá proteger seus ligamentos e deverá levar adiante a técnica correta para evitar lesões nas costas.

O peso é outro fator que contribui para a distensão de ligamentos nas costas. Qualquer quilo a mais que tenhamos adiciona pressão nas costas, particularmente na área abdominal. Este peso extra causa uma postura anormal ou uma inclinação para compensar o acúmulo de peso na parte frontal. Também adiciona pressão extra nas articulações e discos facetários. Os exercícios aeróbicos que queimam gordura, os exercícios de força que aumentam a massa muscular e os exercícios como a yoga, que focam no aumento da força no tronco e no aumento da flexibilidade no corpo, são bem úteis para manter o peso sob controle.

Acessos Rápidos 

Autoavaliação
Autoavaliação
Comunidade
Comunidade
Diário de Dor
Diário de Dor
Guia de Discussão
Guia de Discussão
Histórias de Pacientes
Histórias de Pacientes
Médico correto?
Médico correto?