O que causa a dor oncológica?

O QUE CAUSA A  DOR ONCOLÓGICA?


A dor é um fenômeno Somato Psíquico que envolve várias etapas: nocicepção por parte dos nervos domáticos e autônomos. A percepção diminuindo a via inibidora. Expressão modulada por fatores psicológicos e sociais.

Considere a dor oncológica como um único fenômeno nociceptivo, que leva a medidas exageradas, farmacológicas e intervencionistas. Sabe-se que a dor potencializa a presença de outros sintomas como náuseas, vômitos, confusão, dispneia e vice-versa, o que implica cuidados óptimos em todos os sistemas.

A percepção de dor é afetada pelo emocional, moral e o seu significado para o paciente. A dor pode ser diminuída se melhorando: o desconforto, a insônia, a fadiga, a ansiedade, o medo, a tristeza, a depressão, o isolamento mental e a simpatia, a compreensão, o relaxamento, o tratamento farmacológico e a redução da ansiedade e da depressão.

 Categorias da dor oncológica

80% dos pacientes com câncer têm dor em algum momento da sua evolução e de 50 a 60% deles têm uma intensidade de moderada a grave. Um terço dos pacientes terão mais de quatro tipos de dor.

A dor oncológica pode ser classificada em quatro categorias: causada pelo próprio câncer (60%); relacionadas ao câncer ou a fraqueza (20%); causada pelo tratamento oncológico (5%); causada por um problema concomitante (15%).

Em um estudo foram encontradas as principais causas da dor oncológica: ósseo, visceral, Neuropática, tecidos moles, imobilidade, constipação, miofascial, espasmos, esofagite, degeneração ou fratura vertebral.

Deve-se reconhecer os diferentes tipos de dor: dor nociceptiva: somática, visceral, articulada. Na avaliação de toda dor deve-se perguntar pelo máximo de dor que se sente, se é previsível ou não, e se é provocada por movimentos; e neuropática: para a compressão do nervo, ferimento Neuronal e da dor mantida pelo simpático.

Categorias da dor oncológica

+ Dor Oncológica :

Acessos Rápidos 

Autoavaliação
Autoavaliação
Comunidade
Comunidade
Diário de Dor
Diário de Dor
Guia de Discussão
Guia de Discussão
Histórias de Pacientes
Histórias de Pacientes
Médico correto?
Médico correto?
  • YEPES C. | Manejo del Dolor en Neurocirugía | Capitulo de libro: Neurocirugía para Médicos generales | Ed. Eduardo Navarro | ISBN 958-655-875
  • YEPES C. | Neuroestimulación en el dolor crónico | Capitulo de Revista: Neurociencias en Colombia | Vol 14 Nº 2 p 121-133 | ISSN 0123-4048