FUSÃO CERVICAL

Uma opção cirúrgica comum para o tratamento da degeneração do disco cervical é a cirurgia de fusão cervical. Com a fusão cervical, o cirurgião remove o disco, insere uma placa e funde a área entre duas ou mais vértebras. A fusão da coluna vertebral reduzirá sua flexibilidade e amplitude de movimento, mas pode aliviar sua dor e sintomas.

A fusão cervical é uma opção cirúrgica comum para tratar discos danificados no pescoço. Durante a operação, o cirurgião remove o disco degenerado. Também conhecida como discectomia, esta técnica alivia a pressão sobre as raízes do nervo e/ou da medula espinhal. O cirurgião então insere um espaçador e fixa permanentemente as vértebras adjacentes uma à outra com uma placa cervical. Esta estabilização elimina o movimento e, muitas vezes, alivia sua dor e outros sintomas, podendo no entanto, reduzir a sua flexibilidade e alcance de movimento.

Riscos da Fusão Cervical

Existem riscos potenciais associados ao uso desses dispositivos, alguns dos quais incluem: desmontagem, flexão e/ou ruptura de qualquer ou de todos os componentes, pressão do dispositivo sobre a pele que pode causar penetração, irritação e/ou dor, danos no tecido ou nervosos e formação de cicatrizes.

É importante discutir os possíveis riscos, complicações, eventos colaterais e outras informações médicas importantes com o seu médico.

Durante a Cirurgia de Fusão Cervical

Muitas vezes, o cirurgião acessa sua coluna cervical durante a cirurgia pela frente (anterior) do pescoço. Essa abordagem é denominada fusão cervical anterior ou discectomia cervical anterior e fusão.

Depois de fazer uma pequena incisão, o cirurgião move para o lado os tecidos moles, como gordura e músculo, e remove o disco, qualquer esporão ósseo e tecido macio para aliviar a pressão sobre os nervos comprimidos. O cirurgião então insere um espaçador para evitar que as vértebras adjacentes se colapsem uma sobre a outra. O espaçador pode ser sintético ou construído com osso retirado de outra área do seu corpo. Uma placa e parafusos mantêm o espaçador no lugar e estabilizam a área.

Recuperação

Se você e seu médico escolherem uma discectomia e fusão cervical anterior, você deve passar um dia no hospital. Após a alta, seu médico provavelmente recomendará um plano de recuperação e exercício pós-operatório.

Acessos Rápidos 

Autoavaliação
Autoavaliação
Comunidade
Comunidade
Diário de Dor
Diário de Dor
Guia de Discussão
Guia de Discussão
Histórias de Pacientes
Histórias de Pacientes
Médico correto?
Médico correto?