Respostas às perguntas mais frequentes sobre
a estimulação medular


Tem perguntas? Nós tentaremos te ajudar com as respostas. A seguir, você encontrará respostas para as perguntas mais frequentes sobre os sistemas de estimulação medular (também conhecido como terapia de neuroestimulação). Não encontrou sua pergunta aqui? Consulte seu médico ou encontre um especialista em sua cidade que possa sanar suas dúvidas.

Como sei se a estimulação medular funcionará comigo?

Primeiro, é preciso consultar seu médico para classificar seu tipo de dor e determinar quais as opções de tratamento mais adequadas.  A escolha do tratamento depende do tipo de dor, sua severidade e  resposta ao seu tratamento de dor atual. Se seu médico enquadrá-lo como  um bom candidato à  estimulação medular, você poderá realizar testes para saber se esta alternativa de terapia vai ajudá-lo quanto ao alívio de dor

Como a estimulação medular é sentida/percebida?

Dependendo do nível de estimulação, você pode sentir algo parecido com um formigamento.  O nível de estimulação pode ser ajustado de acordo com a sua preferência, ou seja, até que o estímulo se torne confortável e cubra toda a região onde você sente dor.

A terapia de estimulação da medula espinhal eliminará completamente minha dor crônica?

No geral, as pessoas que fazem uso desta terapia relatam uma redução significativa e substancial da dor crônica. Contudo, a estimulação medular não elimina completamente a fonte da dor, motivo pelo qual o nível de alívio varia de pessoa para pessoa. A terapia de neuroestimulação não é uma cura para a dor crônica, mas uma terapia que o ajudará a tratá-la.

Por que meu médico e eu devemos escolher um neuroestimulador que ofereça estimulação adaptativa?

Conforme seu corpo muda de posição, a medula espinhal pode se aproximar ou se distanciar dos eletrodos que enviam estímulos elétricos leves. Os níveis de estimulação configurados para tratar sua dor quando você estiver em pé  podem causar desconforto quando você estiver deitado. Dependendo do neuroestimulador que você e seu médico escolherem, você poderá ajustar a estimulação manualmente utilizando um programador, ou então o seu neuroestimulador se ajustará automaticamente de acordo com a posição de seu corpo, utilizando uma tecnologia avançada.

Meu plano de saúde cobrirá as despesas?

Muitos planos de saúde cobrem as despesas de estimulação medular. Contudo, e como em muitos tratamentos para a dor, seu médico precisa obter a aprovação de seu plano de saúde antes de você iniciar seu tratamento. As despesas podem variar dependendo do tipo de  cobertura. Consulte seu médico ou seu plano para obter informações mais específicas.

Quanto tempo dura o teste?

O procedimento de testes prévios leva aproximadamente entre 30 e 90 minutos. O período de teste dura entre 3 e 7 dias, aproximadamente.

Posso tomar analgésicos durante o período de teste?

Pode ser necessário que seu médico reduza a dose ou interrompa sua medicação oral  1 e 2 semanas antes do teste. É possível que sejam administrados medicamentos orais para a dor durante o teste de estimulação medular. Não deixe de tomar seus medicamentos sem consultar previamente o seu médico.

O nível de alívio será o mesmo entre o sentido durante os testes e o sistema permanente de estimulação medular?

O nível de alívio poderá diferir levemente. Para a maioria das pessoas, a estimulação sentida depois de realizar o implante é similar àquela obtida durante os testes. Seu médico fará ajustes no seu neuroestimulador para diminuir o máximo possível a dor. Certifique-se de informar ao seu médico como se sente para que ele possa realizar as mudanças em seu tratamento.

Depois do período de teste, quanto tempo deverá passar para que eu possa implantar o sistema de neuroestimulação definitivo?

Se o teste prévio for realizado com sucesso, você e seu médico podem  discutir para definir se o sistema deverá ser implantado. Geralmente há um período de espera entre período de  testes prévios e o procedimento definitivo. Isto dá  tempo suficiente para que a incisão na coluna se recupere, e também  para que seu plano de saúde receba a informação necessária para programar o procedimento.

Quais são os benefícios da estimulação medular?
Muitas pessoas têm melhoras nos seus sintomas de dor e na qualidade de vida depois de receber o tratamento de estimulação medular. Estes benefícios podem incluir::
  1. Redução significativa e substancial na dor crônica
  2. Melhora na capacidade para exercer e participar de suas atividades cotidianas
  3. Menor necessidade de medicamentos orais
Além disso, este tratamento:
  1. Demonstrou ser seguro e efetivo quando usado conforme o prescrito
  2. Pode ser ajustado para proporcionar diversos níveis de estimulação para diferentes atividades e momentos do dia
  3. Permite que se teste o tratamento por um curto período de tempo antes de iniciar o implante permanente
  4. É reversível: o tratamento pode ser desconectado ou removido cirurgicamente
Quais são os riscos da estimulação medular?

O implante de neuroestimulação é colocado embaixo da pele de forma cirúrgica. Portanto, é possível que existam complicações, como em qualquer outra cirurgia. Estas podem incluir infecções, dor no local da cirurgia e sangramento no espaço epidural.


É possível que existam complicações com o dispositivo, uma vez que se implanta o sistema de neuroestimulação. Estas incluem cirurgias corretivas, deslocamentos, ruptura dos eletrodos e migração dos cabos dentro do espaço epidural, o qual precisará de reprogramação, substituição cirúrgica de eletrodos e cirurgia corretiva. Estes eventos poderão resultar em estimulações desconfortáveis ou falhas no mecanismo de ação.

Como é o procedimento?

O procedimento para implantar do sistema de neuroestimulação leva aproximadamente entre 1 e 3 horas e poderá precisar de uma breve estadia no hospital.

Qual é o tipo de anestesia utilizada durante o implante? 
Normalmente o implante do sistema de neuroestimulação é realizado com anestesia geral. Contudo, você poderá discutir com seu médico o uso de outras opções de anestesia.
Qual é a duração média de estadia no hospital?

Dependendo das políticas do hospital e da preferência de seu médico, recomenda-se, pelo menos, uma noite de internação. 

Qual o tamanho do estimulador de medula espinhal?
O dispositivo é do tamanho de um cronômetro.
O sistema de neuroestimulção dentro do meu corpo é escutado ou sentido? É percebido?
O estimulador medular não emite nenhum som. Geralmente este dispositivo não é percebido por cima da roupa, e é implantado na parte baixa do abdômen, onde é mais confortável e menos visível. Talvez possa ser sentido como um pequeno volume embaixo da pele.
Como posso controlar a estimulação?
Você poderá controlar a estimulação na medula através de um programador portátil, que funciona como um controle remoto, o que permitirá ajustar a estimulação dentro dos parâmetros selecionados pelo seu médico. Com a tecnologia da estimulação adaptativa, você poderá se movimentar sem ter que ajustar as configurações de estimulação, já que isto é feito automaticamente.
Com que frequência visitarei meu médico?
Será realizada uma consulta de acompanhamento típica a cada seis meses, mas provavelmente o sistema de neuroestimulação precise de ajustes frequentes logo depois de instalado, com o objetivo de proporcionar o maior conforto possível.
O estimulador medular pode ser removido?
Sim, este pode ser desconectado ou removido de forma cirúrgica.
O que pode acontecer caso eu precise de uma ressonância magnética?
Quando você possui um dispositivo eletrônico implantado no corpo, você deve ser bem cuidadoso com as ressonâncias magnéticas. Alguns dos sistemas de estimulação medular e de alívio para a dor crônica permitem que o exame de ressonância magnética seja realizado em qualquer parte de seu corpo.

Acessos Rápidos 

Autoavaliação
Autoavaliação
Comunidade
Comunidade
Diário de Dor
Diário de Dor
Guia de Discussão
Guia de Discussão
Histórias de Pacientes
Histórias de Pacientes
Médico correto?
Médico correto?