SOBRE A ESTIMULAÇÃO
MEDULAR


Se sua dor crônica não está respondendo aos medicamentos, seu médico poderia recomendar a estimulação medular, também conhecida como terapia de neuroestimulação.

O que é a Estimulação Medular
(Terapia de Neuroestimulação)?

A Estimulação Medular é aplicada utilizando uma pequena peça similar a um marca-passo por debaixo da pele. O neuroestimulador libera pequenas descargas elétricas diretamente na sua coluna, o que ocasiona uma sensação de formigamento na área onde se apresenta a dor crônica.

“O objetivo da terapia de neuroestimulação é melhorar a qualidade de vida
dos pacientes e a dor que apresentam”

Dr. Eric Grigsby
Especialista em tratamento da dor, Califórnia

Como funciona a Estimulação Medular

A Estimulação Medular proporciona um alivio da dor mediante à modificação das mensagens de dor antes de chegarem ao cérebro. O neuroestimulador envia um impulso elétrico leve que chega ao cérebro mais rapidamente que o sinal da dor. Em outras palavras, engana a dor nas costas e pernas. Ao invés de sentir dor, você sente um formigamento.

Você pode ajustar a potência e o local de estimulação utilizando um programador portátil. Por exemplo, você poderá regular diversos níveis de estimulação várias vezes ao dia, para diversas atividades, tais como caminhar, dormir ou sentar.

Dependendo do sistema de neuroestimulação, este dispositivo pode contar com estimulação adaptada, que automaticamente ajusta o nível de estimulação ao mudar de posições. Este tipo de neuroestimulador traz uma tecnologia que registra as mudanças na estimulação e aplica a configuração desejada na próxima vez que você mudar de posição.

“Adoecia cada vez que tinha que tomar medicamentos orais... esse foi um dos motivos que me levou a iniciar
a estimulação medular, já que não queria continuar tomando nada de forma oral. Somente tinha que pressionar
um botão quando a dor aparecia. E isso para mim, é bem melhor.”

David, Paciente com terapia de neuroestimulação desde 2009

Componentes do Sistema de Neuroestimulação

Um sistema completo de estimulação medular inclui diversos componentes:

  1. Neuroestimulador: Este dispositivo, similar a um marca-passo, envia pulsos elétricos leves e geralmente é implantado embaixo da pele, seja no abdômen ou na parte superior do glúteo.
  2. Eletrodos: São cabos finos e revestidos com fins médicos, que enviam a neuroestimulação para o espaço epidural próximo à coluna.
  3. Programador Médico: Similar a um computador que é instalado no consultório médico, e que permite ao seu especialista ajustar o sistema de neuroestimulação e configurar os parâmetros do mesmo.
  4. Programador Portátil: Dispositivo similar a um controle remoto que pode ser usado em casa para otimizar o controle da dor, com base nas mudanças de dor sentidas por você durante o dia ou em suas atividades cotidianas.

O sistema de neuroestimulação é silencioso. Pode ser sentido como um pequeno volume embaixo de sua pele, mas não é visível por cima da roupa.

Proteção no futuro

A ressonância magnética é uma ferramenta importante de diagnóstico, e é um dos testes mais comuns realizados no mundo. Alguns dos sistemas de estimulação medular aliviam a dor crônica e a realização segura de um exame de ressonância magnética, em qualquer parte de seu corpo


Acessos Rápidos 

Autoavaliação
Autoavaliação
Comunidade
Comunidade
Diário de Dor
Diário de Dor
Guia de Discussão
Guia de Discussão
Histórias de Pacientes
Histórias de Pacientes
Médico correto?
Médico correto?